Sant'Erasmo

Los huertos y los viñedos de la laguna veneciana

A ilha de Santo Erasmo pode ser considerada um oásis de paz e tranquilidade, longe do fluxo turístico caótico da vizinha Veneza. O seu forte caráter agrícola tem origens antigas: justamente aqui, entre Murano, Burano e Punta Sabbioni, em uma faixa de terra recuperada das águas, desde a Idade Média se cultivavam as frutas e legumes que eram usados ​​para abastecer a cidade.

A tranquilidade e a solidão deste lugar permitia que os poucos agricultores que ali viviam o cultivo de pomares e vinhas intercalados por ghebi, canail rasos que desenhavam no terreno uma trama ordenada. O ritmo lento e rural da ilha contrastava com o tráfego e o caos da comercial Veneza, tornando Santo Erasmo um canto tranquilo do campo.

Hoje Santo Erasmo é conectada ao continente por uma balsa que a coloca em comunicação Cavallino Treporti e com um vaporetto de partida das Fondamenta Nuove de Veneza. Os visitantes continuam a apreciar a serenidade que reina na ilha, que conserva a sua vocação agrícola celebrada todos os anos em dois grandes eventos: a festa de Maio da famosa alcachofra roxa (Artigo do Slow Food) e a de outubro dedicada ao mosto de uva.

A ilha tem cerca de quatro quilômetros de extensão e é ideal para um passeio de bicicleta ou a pé. Além de campos cultivados com legumes, árvores de frutos e vinhas se pode fazer uma visita à Torre Maximiliana - fortaleza construída pelos austríacos no início de 1800 recentemente restaurada e a Igreja do Cristo Rei, reconstruída sobre a antiga Igreja dos Santos Mártires Erme e Erasmo.

Más

Rutas recomendadas

Información

cerca



Photogallery